Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 1 de dezembro de 2012

Call of Duty: Black Ops II

Gostou do post? Então clique no botão ao lado e compartilhe-o!

Call of Duty: Black Ops II

     Sinopse , Produção , Curiosidade , Criticas , Como foi recebido no Brasil , Habilidades e técnicas do Game 



Sinopse e detalhes

       A campanha de Black Ops II tem duas histórias que estão interligadas, uma que decorre entre os anos 70 e 80 e a outra que acontece em 2025. O protagonista de Black Ops, Alex Mason regressa como protagonista na secção da Guerra Fria, onde irá lutar numa guerra de procuração pelos Estados Unidos. Nesta secção do jogo inclui áreas da América Central e a invasão soviética do Afeganistão. Nesta seção do jogo também contará a história de como o principal antagonista do jogo, Raul Menendez, se tornou infame.O amigo e colega de Mason,
Frank Woods, também regressa (apesar do fato de aparentemente ter sido morto em Black Ops), e irá narrar a história do jogo até à secção de 2025.

     A seção do jogo que decorre em 2025 tem como protagonista David Mason, filho de Alex Mason.Neste novo cenário, a China e os Estados Unidos estão presos numa guerra fria, depois da China proíbir a exportação de elementos de terras-raras na sequência de um ataque cibernético que paralisa a Bolsa de Valores Chinesa.A guerra é agora definida pela robótica, guerra cibernética, veículos não tripulados e outras tecnologias modernas.Tentando tirar vantagem por estar fora, Raul Menendez tenta fazer com que as duas nações entrem em guerra incitando conflitos entre as duas. Localizações conhecidas nesta seção incluem Los Angeles, Singapura e Socotorá, no Iémen.

  Na seção de 2025, o jogador terá acesso às 'Strike Force missions', que contêm como característica as "permanent death", podendo assim afectar o decurso da história.

  Foi indicado que a narrativa paralela de Viktor Reznov e a sua relação com Alex Mason, que começou em World at War e avançada em Black Ops, irá continuar em Black Ops II.

Produção


             O CEO da Activision Blizzard Robert Kotick afirmou em Novembro de 2011 que um novo jogo Call of Duty estava em desenvolvimento para ser lançado em 2012.Foi confirmado oficialmente pela Activision em fevereiro de 2012, prometendo "grandes inovações" para a série.

           Ao produzir Black Ops II, a Treyarch introduziu novas características às mecânicas da jogabilidade para o multijogador, que foram até à data uma imagem de marca da série Call of Duty. Inclui por exemplo a introdução de jogos de "multi-equipa" que permite ter três ou mais equipas de jogadores, em oposição aos tradicionais, de duas facções de equipas; revisões também foram feitas ao nível da criação de classes ("Create-A-Class") que permite aos jogadores personalizar personagens para usar no multijogador. A função "Kill Streak", que dava aos jogadores recompensas por mortes consecutivas, será conhecida agora como "Score Streaks". Os jogadores continuarão a receber recompensas, estas que são desbloqueadas ao fazer certas acções - como matar outros jogadores, capturar com sucesso um território, etc - em vez de simplesmente matar outros jogadores.Além disso, os "wager matches" (modo incluído em Call of Duty: Black Ops), foram removidos.

        Estas mudanças foram introduzidas por forma a mudar a ênfase em direcção a um único objectivo, permitindo aos jogadores recompensas por trabalharem em equipa e para tornar o jogo mais acessível aos novos jogadores.

       A Treyarch também anunciou planos para integrar Black Ops II no mundo dos "eSports" (desportos electrónicos) ou em competições de jogos.Para este fim, a Treyarch revelou um sistema de criação de jogos ("matchmaking") projetado para criar pares de jogadores com base nas suas habilidades dentro do jogo e para garantir que os jogos online são relativamente iguais no que toca à habilidade do jogador. Também anunciaram o termo "CODcasting", uma forma de fluxo de média, que permite aos usuários transferirem para o YouTube os seus vídeos a partir das suas consolas.

    As mudanças nas mecânicas do multijogador, o "matchmaking" e os fluxos de média foram criados para tornar Black Ops II mais acessível e mais "amigo dos jogadores". 

 A chegada do Game no Brasil 
 
        Chegaram ao Brasil as versões de PlayStation 3 e Xbox 360, ao preço base de R$199, que trazem como principal novidade o trabalho de localização, com legendas e dublagem em português. Cerca de 49 lojas pelo país fizeram eventos para promover a chegada do jogo. Em São Paulo, uma livraria recebeu uma equipa de representantes da Activision e Carlos Seidl, actor brasileiro que dá a voz a Harper.
      Além da edição padrão e da Hardened Edition, foi ainda editada no Brasil a Pro Edition, além do jogo, contém um Headset Turtle Beach Call of Duty Black Ops II Ear Force Kilo, duas Moedas Desafio para coleção, acesso aos mapas Nuketown 2025 e Nuketown Zombies, a banda sonora do jogo e a arma "Camo".

Criticas


       Call of Duty: Black Ops II recebeu geralmente críticas positivas. O editor Anthony Gallegos da IGN deu a pontiagudo de 9.3/10 e descreve o jogo como "um bom exemplo de como evoluir uma franquia anual".Gallegos elogiou o jogo por contar uma história realmente interessante e criar um vilão com empatia a ponto de ele começar a questionar suas próprias acções durante o decurso da história. Gallegos dirigiu críticas sobre a inteligência artificial dos aliados no modo Strike Force, apontando que muitas vezes teve que encaminhá-los para um canto do campo de batalha e de seguida, fazer tudo sozinho para conseguir completar as missões. Também sentiu que o final do modo campanha foi decepcionante, mesmo quando estando ciente de que o resultado era directamente influenciado pelas escolhas que fez .

Curiosidades


             • A Activision informou que Call of Duty: Black Ops II arrecadou mais de US$500 milhões de dólares nas primeiras 24 horas após o seu lançamento mundial. O jogo estabeleceu um novo recorde para a empresa, batendo em US$ 100 milhões a arrecadação do primeiro dia de Call of Duty: Modern Warfare 3.
"Com arrecadação inicial de meio bilhão de dólares, acreditamos que Call of Duty é o maior lançamento do entretenimento pelo quarto ano consecutivo", disse Bobby Kotick, CEO da Activision. "As vendas da franquia Call of Duty já ultrapassaram a receita de Harry Potter e Star Wars, os dois maiores sucessos do cinema até hoje", declarou Kotick, que apesar de tudo, se diz preocupado com a crise económica mundial. "Dado o ambiente macro-econômico desafiador, estamos cautelosos quanto ao balanço de 2012 e 2013"

           Esta é a primeira vez que um game da série é dublado em português.

           • “Estamos muito felizes em anunciar que o game terá opção para que os fãs joguem com os idiomas da América Latina. Isso mostra que estamos comprometidos com a acessibilidade dos gamers da região”, disse John Dilullo, diretor da Activision para a América Latina.


Trailer 




Fonte ; http://g1.globo.com/   

                                                                                                                    AnimaCoupe

Nenhum comentário:

Postar um comentário